quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Declaração de Interesses de um Dragão escandalosamente parcial, ou um post que mete futebol, gajas e porrada!

"...e não tenho culpa que o seu cérebro seja deste tamanho."


Exmos. Senhores,

Não vá eu acabar eleito por um partido qualquer, a propósito vá-se lá saber de quê, num sufrágio repentino, aqui fica desde já a minha declaração de interesses:

1. Eu sou pelo Lopetegui. Sou mais pelo clube que o coño tem a sorte de treinar, diga-se, e esse é o principal motivo do meu agrado pelo espanhol: é o tipo certo para ali estar, na minha opinião. Ninguém ma pediu, mas é Natal e eu dou de borla.

Gosto do futebol de Lopetegui, gosto da equipa que montou e, sim, também gosto que tenha a lata de a desmontar sempre que lhe dá na gana. Ainda gosto mais de tudo isto por achar que me vai dar títulos e alegrias.

Depois, adoro a maneira como lida com os jornalistas cá do burgo. Aqueles "já te respondi a isso, sua besta!", reconciliam-me com a vida. E visto que o homem tem que tratar de tudo - imprensa, rádio, tv, disco, k7 pirata e adeptos com atrasos mentais significativos - sozinho, isto prova-me que está completamente tranquilo em relação à boa imprensa, que não tem. Ou seja, cagou de alto. Afinal sou tasqueiro e posso!

Não gosto daquela espécie de risco ao meio, a la Bento. Mas isso pode ser apenas inveja de careca.

2. Detesto perder. Detesto ainda mais perder para o 5LB, seja na bola, no berlinde ou na carica. Não fico com azia, é indigestão completa, com passagem pelo hospital para lavagens estomacais e receitas de benzodiazepinas. Prefiro ganhar, mesmo com batota. Da mesma forma como acho absolutamente vergonhoso que nos ganhem com batota. Aliás, a única forma conhecida de bater o de outra maneira sempre invicto FCP. Sim, sou assim tão lúcido! 

Não embarco em merecidas derrotas azuis e brancas. Se perdemos, alguma nos arranjaram, senão tínhamos ganho. Ou então era o Octávio ou o Fonseca ou o Quinito que mandavam. Lá está, batota contra nós.

3. No domingo, dia 14 destes mês e ano da graça, o 5LB ganhou-nos em nossa casa. Fiquei muito para lá de estragado, já a caminho do melão de Almeirim esquecido na dispensa desde que a SABRINA me aparecia nos sonhos e se lembrava de me molhar os lençóis, a porca.

Dizem os jornalistas e comentadores completamente imparciais que levámos uma lição tática. Diz uma parte dos adeptos portistas (?) que bem tinham avisado, este espanhol, estes jogadores, esta direção, o roupeiro e o palhaço que vende castanhas ao pé do shopping, essa pandilha está a dar cabo do nosso clube. Dizem estes também que aquilo é que foi um banho de bola que nos deram. Oh sim, 2 golos em meio ataque não é para todos, concordo. 

A capacidade para prever que à meia hora o Herrera e o Jackson já teriam falhado golos cantados, torna, na opinião publicada, que é a que conta, o JJ num catedrático ao nível de um, deixa cá ver... Petit? Zé Romão? Ainda melhor se tivermos em conta o acerto da colocação da trave na sua baliza. A magana tirou mais dois golitos aos tripeiros. Ah grande mestre! Eu também me encanto mais de uns autocarros do que de outros, mas eu não sou imparcial.

E, vejam bem, continuo a gostar da minha equipa e do meu treinador. Sobretudo, não suporto que insultem a minha inteligência. Quando são os da minha cor a fazê-lo então, ui, odeio! Eu sou faccioso, não sou burro, make no mistakes.

4. Divido a propriedade de uma casa com um banco e com uma mulher linda, idem para um veículo automóvel e possuo ainda a camisola do FCP, época 2012/13, que substituiu uma outra, a amarela de há 50 anos ou assim. A minha camisola tem estampado nas costas LOPETEGUI... Desculpem lá o mau jeito. Sendo estes os meus pertences, creio que me qualifico a ficar fora da prisão por uns tempos. Se me elegerem para mandar no país, farei melhor do que os outros, pois claro. 

Para treinar o FCP é que não. Bateria em algum adversário, em algum árbitro, em algum dos meus jogadores, nuns quantos torcedores próprios... Para além disso, estou descansado, está lá o Lopes. Também lhe podem chamar assim que não me importo. E ele ainda menos.

5. Para 2015, desejo que todos os facciosos empedernidos, cuja clubite os cega, gente como eu, possam viver a sua paixão livremente e sem constrangimentos, como eu vivo. Não sem que antes, porém, sejam obrigados a publicar uma Declaração de Interesses como esta, que agora termino. Combinado Carlos Daniel, Gobern, Serpa, Delgado, e tantos outros seres invertebrados, aos quais devemos, por justiça, acrescentar uns quantos dos nossos?

Grato.

4 comentários:

  1. Respostas
    1. Vindo de si, é uma honra, caro Vila Pouca. Muito obrigado.

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Caramba, assim vou corar! :) Depois do Vila Pouca, o Miguel. Dupla honra. Muito obrigado.

      Eliminar