sexta-feira, 15 de maio de 2015

1+1=11



Tocam-se dois copos de shot de tequilla na penumbra das luzes de emergência da Tasca vazia. Sentem-se respirar as rodelas de limão, de próximos que estão. Um diz:

- Parece que foi há muito tempo. Outras vezes parece que foi agora mesmo. Não faço ideia nenhuma do que significa cada uma, só sei que às vezes parece...

- Sei. Também não dou importância a isso. Caminhámos, chegámos, continuamos...

- E celebramos, caraças! Com todas as angústias inevitáveis das nossas humanas vidas, celebramos.

- É. Por isso sabemos que continuamos a caminhar.

- Deixas-me pôr uma música parva? Só hoje?

- Se me deres a mão.

- Levo-te comigo.

- Eu vou.

- Eu sei.

E quatro olhos marejados. Parabéns.


...


- É melhor pores duas. Lembra-te que...

- Pois, é verdade.

De um e Do outro


6 comentários:

  1. Parabéns Silva!

    Abraço Azul e Branco,

    Jorge Vassalo | Porto Universal

    ResponderEliminar

  2. muitos parabéns!, então.
    a «ambos os dois» :D

    (e é favor colocar aviso, para os mais incautos, a informar que, hoje, a tasca está encerrada pelos motivos (mais do que) óbvios :D )


    abr@ço
    Miguel | Tomo III

    ResponderEliminar
  3. Respostas
    1. Obrigado meu caro. E pela visita também. Abraço.

      Eliminar