domingo, 8 de maio de 2016

Domingo B para tótós (Atualizado: Já está!)



Hoje jogam os B. Por norma, há posts na Tasca nestes dias, depois do jogo. Hoje faço questão que seja diferente. É antes do jogo.

Antes, porque este jogo não vai mudar nada, nem decidir o que quer que seja. O FCP B vai ser Campeão da Liga de Honra. Que foi? Cada um chama-lhe o que quiser! A mim ninguém paga para fazer publicidade. E anúncios à borla é a maior praga da história da Humanidade. Acreditem.

A grande expetativa à volta do jogo de hoje, é saber se vamos dar uma ajudinha para mandar os lampiões B para a terceira divisão. Yet another, porque já lhes ganhámos este ano. Opá, era lindo!

De resto, tenho lido e ouvido tanto disparate acerca deste jogo, e desta equipa, nos últimos dias, que não consigo ficar calado. Then again, tenho alguma dificuldade em praticar essa modalidade do silêncio. Felizmente. Já viram o que era perder-se a minha versão do Disposable Heroes, no chuveiro? É tão poderosa que nem se notam os pregos do Lars. Para além de que não troco a letra, como o Hetfield no bideócliper que vos deixo. Claro que conto com o meu gato nos backing vocals. O tom desesperado do miar do animal é uma vantagem, por comparação à fraca prestação do Kirk.

Adiante, os adeptos do FCP tiram-me do sério vezes de mais. É porque tenho o rastilho curto, talvez; ou a mania de que sou o dono da verdade, possivelmente; mas seja pelo que for, no fim do dia dá igual: Irrita-me!

Desde pérolas como "Porra pá, é uma vergonha. Então não podiam pôr os putos a jogar no Dragão? Aquilo enchia, era uma festa..." F.C.Festas at his best. Saibam que a média de espectadores no Estádio de Pedroso é de 516! Mas uma vez que podemos ir fazer uma festinha, caramba, o Dragão é pequeno. Até porque esta é que é mesmo a equipa do FCP. Isto é ser Porto. É da B que eles são mesmo, mesmo, mesmo adeptos. Desde pequeninos.

Mas consta que estarão 8.000 indefectíveis apoiantes em Gaia, mai'logo. Nada contra, pois claro. Eu não estarei, como não estive em nenhum dos outros jogos - fica já dito. Acho até bem que a malta lá vá, mostrar aos miúdos que o povo está com eles. Assim ganhem. Porque de outra forma, lá estarão os 500 verdadeiros, no próximo "jogo grande" dos B. 

Não fico incomodado que uns 6000 dojoito não faça ideia quem são os jogadores, mas fico aperreado quando noto que todos eles acham que estes meninos é que deviam ser o FCP A no próximo ano. Não fazem ideia, não pensam, não querem saber. Por consequência, irritam-me! Mas tudo o que lhes peço é que não assobiem os passes errados. Epá, para isso fiquem em casa. Ou vão ao Dragão no Domingo que vem...

É este peculiar sentido de Portismo que põe o Dragão a assobiar em peso o líder da Liga a sério, porque não joga o André. Ao mesmo tempo, pouco tempo depois, até concorda que se deve emprestar o rapaz a um clube do meio da tabela, mas com bom futebol, para ele amadurecer. Que clube do meio da tabela - isto é, entre o 8º e o 12º, por aí - é que tem um bom futebol, já seria discutível; mas metam lá nessas cabeças duras que craque não se empresta. Olha, os calimeros, há muito anos, planeavam emprestar o Futre ao Portimonense. Sabem o que aconteceu?

Por fim, mas não por menos, Luis Castro. Quem foi lendo os "Domingos B" aqui pela Tasca, saberá que não morro de amores pelo senhor. E continuo na mesma. É por isso que acho graça à caterfa de gente que agora declara o Castro muito bom, sim senhor e tal. Onde estavam há um ano? Ai, espera, já tínhamos equipa B nessa altura? 

Reconheço ao treinador o mérito de, em três anos, ter colocado uma equipa B em lugares de subida duas vezes. É muito bom. Ainda mais, sendo Campeão numa delas. Mas desconto a quantidade de "às" que usamos há dois anos. Assim como tenho claro qual foi a grande diferença do ano passado para este. Nem toda mérito do Luis. Mas isso são contas de outro rosário.

Sim, fica prometido - ou ameaçado - um balanço da época B. Agora, com a vossa licença, vou ver se somos Campeões antes do almoço. Sim, sim, pode acontecer. Não sabiam? A sério?

Oh well, façam uma grande e bonita festa, cumprimentem os miúdos, apareçam na TV, mas depois, por favor, deixem-se estar caladinhozisugadinhos. Or else...


...

Soundtrack to bulshit: Or else...


...

JÁ ESTÁ! YES, WE ARE! (menos para quem quiser acreditar que vamos perder por dozazero...)

Bem-vindo à 1ª Liga, Grupo Desportivo de Chaves!

E só naquela, quem é o PRIMEIRO Campeão Nacional de Futebol em 2015/16? Ah poijé! O Melhor é sempre o Melhor! Mesmo nas lonas :)

10 comentários:

  1. Subscrevo, sublinho, ponho um sinal luminoso a dizer "ISTO!"

    Abraço

    ResponderEliminar
  2. O Luis Castro, caro Silva, é como você. Um verdadeiro gentleman. E, dou-lhe todo o mérito, que não deve ter graça nenhuma retirarem-lhe os jogadores, obrigá-lo a rotatividade, rodízio, rebéubéu pardais ao ninho, e o homem não se queixa, não se chateia e continua! Sempre com um discurso positivo, e sempre a chamar a atenção aos miúdos... já nem o Tozé lá está... são só miúdos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, sim, é bem verdade, não sei como ganhámos sem o Tózé, suplente do Otávio ;) Como disse no post, reine, mérito ao Castro, até para lá desta conquista. Mas não ficou hoje melhor do que era ontem. No mais, era o que faltava queixar-se por perder jogadores para a A. É mesmo para isso que ele tem que trabalhar. E também era estúpido que não tivesse um discurso positivo. Mal estaríamos se no ultimo patamar da nossa formação tivéssemos um líder com discurso lamechas. Mas repito: Muito mérito do Castro!
      E seja bem revinda :)

      Eliminar
  3. Apenas um aparte sobre o seu discurso:"o futebol português saberá aproveitar este grupo de jogadores", mais palavra menos palavra. Uma achega para a sad? Subtil é certo.
    Abraço, P.Torres

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Teve o cuidado de acrescentar o FCP. Seja como for, é uma evidência que nem todos, aliás provavelmente a maior parte, estes miúdos farão carreira no FCP. Mas todos estão acima da média do futebol português. Penso eu de que...
      Abraço.

      Eliminar

  4. @ Silva

    obrigado pela pérola de '85, um tesourinho anterior, num ano, ao melhor álbum que conheço dos Metallica. é portanto bastante natural o "engasgue" numa música que ainda não se domina - uma analogia em tudo idêntica ao percurso de três anos da nossa equipa V (de Bitória)

    abr@ço forte
    Miguel | Tomo III

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso mesmo, era música nova na altura.
      Abraço

      Eliminar
  5. Em grande Silva, implacável e assertivo, então no que diz respeito aos adeptos o Porto...

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Às vezes até os nossos filhos nos irritam. porque não os companheiros de bola? :)
      Abraço.

      Eliminar