quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Resumo da semana: O maravilhoso Mundo animal



Uma parte da massa adepta do FCP faz lembrar os filhotes dos humanos. Trata-se de um bicho que está sempre insatisfeito: Faz birra porque tem fome, faz birra porque tem sono, berra porque não quer comer e grita porque não quer dormir. Primeiro que uma pessoa se habitue, fica com os nervos feitos em papa. Lá está outra coisa que lhes serve para fazerem um javardice tremenda - é papa por todo o lado, menos no estômago, onde era suposto que estivesse. Quando acabam de a espalhar por paredes e chão, choram porque não há mais.

Nós, é maijómenos a mesma coisa: 

Aqui d'el Rei que só se compram estrelas. Mas é uma miséria porque se empacotaram umas quantas em janeiro e agora não há jogadores; 
A SAD está interessada só nas comissões de chorudos negócios. Mas era o que faltava andarmos a comprar malta ao Setúbal e ao Maritimo por pouco dinheiro; 
Anda tudo ceguinho que não vê que precisamos de uma alternativa ao ABUMbakar. Mas livrem-se de arranjar avançados e não defesas; 
Ninguém põe ojolhos nos miúdos da equipa B. Mas era uma vergonha usar um puto a central; 
Para evoluirem, os jogadores têm que jogar. Mas nada de deixarem o Gudiño fazer jogos atrás de jogos na B. Isso é só para comprarem mais guarda-redes; 
Idem para o André. Havia era de ter sido emprestado. Como o Gonçalo. Mas esse não devia ter sido emprestado. Ou então sim, mas não a quem foi; 
Os que vieram não deviam ter vindo, mesmo antes de jogarem, e os que não vieram é que fazem bastante falta. Culpa do Presidente e deste e daquele e do sicrano. E do Lopetegui também.

Como é possível não ter vindo o Ibrahimovic, o Piqué e mais a Shakira, o Deco? Buuu, buu, vergonha! Nem o Rafa, um gajo que nem na Europa poderia jogar por nós.

Se tenho, não quero. Se não tenho, preciso. E não gosto daquele menino, ele é mau. Já disse! Credo, que embirrantezinhos.


...

Pelo Campo Grande, continua a fazer lei a gralha. Aí está um bicho ainda mais irritante que os bébés humanos. Não só não se cala, como não chega a ser fofinho. Opina sobre o que é dele, sobre o que é dos outros e sobre o que é de quem o apanhar. 

Tanto fala, tanto grita, que lá vai escondendo as suas próprias misérias: Upa, que já foi um por um terço do valor para a China; upa, que ainda temos mais outro para despachar em saldo. Senão é sopinha de ervas daninhas até ao fim do ano.

Ah, mas à gralha ninguém engana: Isso dos 24 milhões é treta. Verdade, verdadinha, foram os 20 que pagaram esses tripeiros nojentos. Ao mesmo tempo, sente que andou a chocar o ovo a um cuco. E agora veio o dito cujo, com as suajórelhas ao vento, buscar o rebento ao ninho da gralha.

Felizmente temos cá o Jergo, pensa a ave tagarela. Olha se era o Leonardo? Cuco mais cuco, diz que não há. Perguntem ao grego.


...

No remanso do Shopping Colombo, tudo na paz. O chihuahua Nico ladra e esbofeteia tudo o que mexe, sob o olhar complacente da maralha. Voucher aqui, linha branca acolá, as coisas rolam tranquilas na bem oleada maquinaria. Quem é que quer saber de detalhes?

E à porta, sempre a pressionar, o senhor Chen. Quer por força contratar o domador Vieira. Aquele numero dos árbitros amestrados não lhe sai da cabeça. Quais leões, quais elefantes, quais pulgas. Esta espécie de bicho ensinado é que é o futuro do Circo.


...

O Berto anda indignado por não ser filho da Bárbara Guimarães. Diz o cachopo legitimo que a mãe bebe e por isso ele quer ir viver com o pai. O Berto não entende:

- Oh Xilva, então apanha-xe a mulher todjojdiach meia jonja e xá muito alegre. Prejumo que xeja perto da hora de dormir, xá ela deve extar de pichaminha ou, quem xabe, um neglichéjinho ou achim. - E morde a língua. - E o puto quer ir para outro xitio? Pá, ela que me adote. Prometo que extou lá caído todaxajnoitej. Ia agora viver com um tipo que deve andar em meiaj calxas no quintal, a rechitar poejias. Pfff, burro!

É este tipo de gajo que me leva a perceber um pouco melhor o louva-a-Deus. Um insecto estúpido como todos os insectos and beyond. Milénios de nenhuma evolução depois, ele já sabe que se saltar prá espinha da louva-a-Deus, ela lhe vai arrancar a cabeça à dentada. E mesmo assim, não resiste. Tudo por esse orgasmo. Por uma queca que é a primeira e última e única. Ainda bem que não somos louva-a-Deus.

- Quer dixer, também acho que depende um pedaxinho da louva-a-Deuj, oh Xilva. Vaichaver, há umach tão boaj, tão boaj, kum gacho pacha-xe...

Oh well...


...

O nosso Primeiro não se consegue livrar do grilo falante que lhe buzina na mente: O palhaço ganhou as eleições, ele é que é o Primeiro-Ministro. Respeitinho pelas instituições, Toninho. Quando lá estiveres tu, também vais gostar.

Ou então é um mero estratagema para atirar as culpas futuras para cima do mesmo das passadas. Sim, que isto de aturar comissões está bom é para empresários de jogadores de futebol. Dass.


...

Hoje o FCP está entregue à passarada. Jogamos contra milhafres e galos. Vai dar no mesmo, é tudo bichos de capoeira. De preferência, com uma quantas bolas lá dentro.

Tájóbir, oh Zé? E tu, oh Zé Luis? Acho bem.


...

Soundtrack to transfer window: You got, i want.  

7 comentários:

  1. Cincazero? Eu acho que sim. O Peseiro também o quer.

    Eu gosto muito do Bruninho. Ele é a sua própria mina anti-pessoal.

    Abraçom

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um já está! Faltam só quatro :)
      Abração.

      Eliminar

  2. resumo da semana à Quarta-feira?! :)

    ps:
    ficaram a faltar só dois (e sem sobrancerias bacocas)

    abr@ço forte
    Miguel | Tomo III

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sexta-feira é quando eu quiser. Foi ontem. Chateado de trabalhar ao sábado? Incha! :)))
      Abraço

      Eliminar

    2. @ Silva

      já trabalho aos finais-de-semana há muito tempo, 'shôr' Silva - ainda o menino andava de um lado para o outro, e já eu labutava aos Sábados, Domingos e feriados :)

      abr@ço forte

      Eliminar
    3. Apanhar sol na praia, passear com a gaja, brincar com o puto, ir à bola cojamigos. Pa, isso não conta como labutar... :)))

      Eliminar
  3. Ah... como a lingua portuguesa é tão traiçoeira!!!!
    Com que então o Berto (que não sou eu, atenção!!!) queria a Barbara de "pichaminha"! Ela de tão bêbada se calhar nem dava fé, mas isso também não se faz; não dá prazer!

    ResponderEliminar