terça-feira, 15 de setembro de 2015

A divina incompatibilidade



- Mantemos a tempestade para hoje, Senhor?

- Sim, sim, Pedro. Para essa malta perceber que se acabou o Verão e as férias e isso tudo. Toca a trabalhar, mandriões.

- À tarde, certo Senhor?

- Pode ser. Mas podemos mandar um aviso já pela manhã. Para depois estranharem menos. - Risinho.

- Agora, Senhor?

- Espera mais um minutinho. - De nariz colado à imensa janela. Atento ao que se passa lá em baixo.

- Agora?

- Mais uns segundinhos... Aaaaaagora!

- Mesmo quando o fulano vai a sair do carro, Senhor? - Hesita.

- Sim, sim, agora mesmo Pedro. Depressa, depressa, anda, já disse!

Um aguaceiro breve, mas bastante competente quanto à intensidade, abate-se sobre específica porção da Humanidade.

- Um bocado embirrante da sua parte, Senhor. Concordará comigo, sim?

- Oh, aquele gajo irrita-me. Que queres que faça?...

...

Aguenta-te mais um bocadinho, linda nuvem negra. Não te chovas ainda, não? Vais deixar o Silvinha chegar à estação, pois vais? Coisinha fofa. É só mais um pintelho, anda lá. Proooonto, já cá estamos estacionados a apenas uns 20 km da entrada. Tem paciência nuvenzinha.

Rápido, rápido, aperta o casaco, agarra a mochila, guarda a chave, despacha-te molengão. Vais-te safar, tu e as tuas sapatilhas de lona. Não te fies, é um pé lá fora e um sprint a la Bolt da Murteira, combinado? Okok, ready, set, go!

- Ora foda- se! A sério? Agora? Sujeitinho irritante, hein?! Porra, que feitiozinho de merda...


10 comentários:

  1. Apostava uma bela maquia em como o gajo se apressou à sua maneira muito peculiar, diferente de praticamente todos os seus congéneres, com exceção da sua prole.
    Confesse, sôr Silva, o gajo estava a desafiar o All Mighty, não estava? A pensar "Ó Big Boss, ó pra mim aqui, de sapatilhas de lona, aposto que me vou safar à chuva. E ainda vou fumar este cigarrito..."
    Lá está: Quem anda à chuva... :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tramei-o! Tinha o guarda chuva dos gelados na bagageira! Pumbas! :)

      Eliminar
  2. Se a chuva for boa pro ASTANA, venha ela!!

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Astakê? Isso é malta do cicloturismo num é? ;)
      Abc.

      Eliminar
  3. e eu, de pólo preto e calças de ganga, com uma cabrona duma casacona por cima. casacona soa bem, como comprar a vaca para ter o leite. sina dos tristes, é o que é.
    bem vinda de volta, chuvinha. o Porto sem ti não é a mesma coisa.

    abraço,
    Jorge

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Casacona é muito, muito bom! E mesmo a cena da vaca e do leite, não sei pá, mas soa bem :)))
      E acho mal uns serem filhos outros enteados! Então este, só porque tem apelido de estrangeiro, é uma "chuvinha". Pra mim foi aquele pé d'água! Também tá bonito isso da igualdade aí por cima, tá sim senhor. Ospois admiras-te co Marx num te ligue pataco...
      Abraço Jorge.

      Eliminar
  4. Só para fazer pirraça: solzinho bom, 22 graus e a chover misses Ucrânia por todo o lado... soa bem?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vê lá não acabes deportado para a Crimeia!! :) enjoy

      Eliminar

  5. como me ensinaram na 'dificuldade' [grata expressão da minha Avó], "chuva associativa não molha Académico".
    e, depois, quem assistiu, nas Antas, a um FCPorto vs. spórtém, era treinador destes últimos um tal de Bobby Robson, numa autêntica bátega de água, o que se molhou, hoje, foram "pieners" :)

    abr@ço forte
    Miguel | Tomo III

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E num mais recente festejo, contra os lagartos na mesma??, mas ainda nas Antas. Era suposto estar bom tempo, que fui de calções! O Maniche marcou, ficou 3-1... Porra pa, não sonhei pois não?
      Abraco.

      Eliminar