sábado, 25 de fevereiro de 2017

EU.NÃO.SOU.POVO!



Uma semana medeia este penalty, deste golo. O primeiro é um escândalo, o segundo é limpinho, limpinho.

A sério? E o Povo compra?

Em uma semana, deste roubo de igreja, passamos a ISTO. Para encontrar este "isto", muito teve que se escavar, porque a transmissão televisiva, abençoada pelas instâncias do futebol, não mostrou.

A sério? E o Povo compra?

Mais do que lances de um jogo de futebol, uma semana chega para mostrar a verdadeira face da mentira sem pudor, do frete, de tanta cara de pau sem pingo de vergonha. Oito singelos dias vão de murro na mesa, a um trabalhinho bem feito. Com uma matilha de seis milhões à espreita, à espera de um qualquer assobio do dono. Cães sois, como cães sofrereis!

A sério? E o Povo compra?

Para o cheiro fétido ser perfeito, para que, mais que revolta, as pessoas de bem - as verdadeiras pessoas de bem! - sintam vergonha por partilharem tanto com estes seres rasteiros - a nacionalidade, a língua, a espécie - falta explicar que passa apenas uma semana entre o que é surreal e o que é um jogo de futebol. Um bom jogo de futebol. Do 5LB.

A sério? E o Povo compra?

Compra pois! Povo de todas as cores, até das nossas... Mas o mais importante, é que fica assim claro que o Povo é encarnado. EU. NÃO. SOU. POVO!

Nem parvo, desculpem o mau jeito. Ide comer baldes de merda às colheres, de cada vez que pensardes em encher a boca para acusar quem quer que seja do que quer que for.

...

Vejam com atenção a arbitragem do jogo de Juniores A entre Braga e FCP desta manhã. Com derrota justa para os nossos, diga-se. Mas observem bem como está catita a formação dos próximos Internacionais Proveta. É transversal.

... 

Soundtrack to lamps: F.O.A.D!

17 comentários:


  1. excelente. e não digo mais nada para não estragar a assertividade desta prosa, qual murro nos dentes de um qualquer apitador tuga no Colombo, desferido por um qualquer lampião.

    abr@ço forte
    Miguel | Tomo III (nonagésimo segundo minuto)

    ResponderEliminar
  2. Graças a Deus não nasci burro, paludo, parvo, estúpido, sem QI, com a cabeça enfiada na areia, com distúrbios na psique, pertencente à manada, sem vontade e opinião próprias, nem a gostar que me atirem areia para os olhos nem que me comam por lorpa (de cebolada). Em suma, lampião.
    #PQOP!
    Abraço.

    ResponderEliminar
  3. Eis senão quando as máquinas de propaganda, alimentadas a "factos alternativos" e falta de vergonha, decidem criar uma gigantesca operação de branqueamento da verdade, colocando no terreno os seus melhores especialistas em falácia.
    Uma mentira repetida seis milhões de vezes não se transforma em verdade!

    https://www.youtube.com/watch?v=xWucHRXhJEk

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas énquanto basta para os 6 milhões, mais os eventuais milhões que comem da palha que lhe dão.
      Que grandíssima gorja 🤘\m/ muito obrigado Paulo.

      Eliminar
  4. Caro Silva,

    Uma das definições de vergonha é a sensação de perda de dignidade e falta de valor pessoal, situação que provoca, em pessoas de bem, um sentimento desagradável com receio do ridículo.
    Porque será então, que tal sensação e sentimento não são apanágio daquela corja vermelha e suas ramificações (leia-se CS invertebrada) ??!!

    Grande abraço e...

    FC PORTO SEMPRE

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sabe porquê, caríssimo Fernando? Porque para esta gente, a dignidade não é um valor, é um estorvo!
      Fico muito contente de o ver por cá. Um grande abraço.

      Eliminar
    2. Elementar meu caro Watson...perdão, meu Caro Silva, está na cara.

      Abraço.

      Eliminar
  5. Eu também não sou povo. Mas perante tanto portista que se cala nas redes sociais, tanto portista que diz amén, o que é que se pode fazer? Assistimos sem nada poder fazer a esta roubalheira a que eles, os sem carácter, chamam campeonato... Esperemos que o nosso Porto consiga manter-se assim porque eles vão cair. Eles vão cair!!!
    Paulo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De podres! Eles vão cair de podres, Paulo.

      Eliminar
  6. "Cães sois, como cães sofrereis!"
    "para esta gente, a dignidade não é um valor, é um estorvo!"

    Em grande Silva!
    Que bem escrevinhada a revolta!

    Abraço

    PS: Foi para isto que o nosso Porto caiu no silêncio, só pode!
    Já que a cúmulo da falta de vergonha não os envergonha, abriu-lhes as portas do para lá do cúmulo da falta de vergonha! Pelo menos assim, mais alguns verão do que eles são feitos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Carrela. Toda a gente vê. O problema, meu caro, é que poucos reparam...
      Abraço.

      Eliminar