segunda-feira, 6 de novembro de 2017

A Culpa é do Cavani: Bombos e kazoos

Como sempre, by Jorge Bertocchini | Porta 19

[ Nota cénica: sala retangular, de área razoável. Brinquedos espalhados pelo chão, paredes pintadas com desenhos infantis. A turma rodeia o Educador, num circulo perfeito. ]

Tu aí, o grandalhão repetente, não brincas mais. Estou fartinho desse ar de enfado com o picotado. Não queres picotar com entusiasmo e alegria, porque já picotaste muito pela vida fora, também não participas na hora do conto. Incha. Vai-te queixar à tua mãezinha, maricón.

Ora bem, estou muito preocupado porque está tudo roto, à conta do torneio de borrar a fralda a meio da semana. E agora já temos outro. Há aí alguém que não esteja assadinho?

[ Saltam 3 petizes de braço no ar e fraldas amarelo fluorscente.]

Huumm, tu, o carequinha, anda aqui para o pé dos meninos que vão jogar.

Também vamos precisar de ganhar o jogo de quem berra mais tempo. Como o nosso coleguinha que tem berrado mais ao longo deste ano letivo está adoentado, com aquela coisa da bronquite que lhe afeta os pulmões ou lá o que é, vamos precisar de ser criativos. Não vai dar para ser pela intensidade do choro, vai ter que ser pela melodia. Alguém que se sinta particularmente afinado?

[ Saltam 2 petizes. Os preteridos na cena anterior. ]

Vamos escolher o do puxo. Desafina basto, mas fica tãããão fofinho. E sempre berra mais melodioso que o carequita. Que é igualmente fofo, nada de confusões.

Sim senhor, tudo em ordem. Ai, espera - [ Conta as crianças escolhidas, separadas das restantes. ] - falta um. Caraças, precisamos de mais um.

[ Salta o petiz sobejante do saltitante grupo inicial de três. Já vermelho e acalorado. ]

Oh pequinitote, não leves a mal, majenquanto não entenderes que uma casa é um quadrado com um triângulo em cima, não dá para brincares a isto. Agora colunas, arcos e abóbadas, pfff... Isto não é nenhuma orgia Romana, pá.

Well, safoda, jogamos com dez. Mas continua a saltar com afinco, pode ser que da próxima te corra melhor.

Vá, tudo caladinho e sentadinho de pernas à chinês.

[ Ordeiramente, sentam-se as crianças no soalho. Menos o repetente, que recebe uma chamada e se afasta para um canto. ]

Querem que o Mestre ligue o transistor?

- Siiiiimmmmm!  [ A uma voz. ]

Que querem os meus ricos meninos ouvir?

- O Cavaaaaaaaaniiii!

Então 'tá bem.

[ Clique ]

Jornada 15 – Bombos e Kazoos

...

Quem quiser continuar a ouvir pelo site, tranquilo, é só usar o leitor que está embutido no post de cada episódio. Quem ouvir usando uma app, seja iTunes, Podcast Addict, Pocket Casts, Podcast Republic ou tantas outras que por aí andam, pode encontrar o Cavani aqui:
Todos os episódios anteriores estão no site e no feed RSS, pelo que como de costume amandem as vossas postas para cavani@porta19.com! 






Sem comentários:

Publicar um comentário