sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

A TascaTV: O Juiz decide - Tripas, Francesas e o Afonso Henriques



O JUIZ DECIDE
Programa com juristas, no qual se espera que haja batatada. Uma espécie de Assembleia da Republica, vá...

- Oh Silva, podem entrar já as anãs asiáticas e a piscina insuflável cheia de chantilly, para a luta? Despachávamos isto mai'rápido, que eu estou cheio de pressa... - Escuta a resposta, berrada do outro lado da sala. - Epá, pronto, não é preciso tinervares, chiça. - Pensa dois segundos. - E olha lá, como é que conseguias fazer isso com um taco de basebol? Sair pelo alto da moleirinha, ainda vá. Agora, por ojolhos...Impossível! Bem, nesse caso, anda lá oh Vanessa, explica aí o que temos hoje.

- Sim, Padrinho.

- Não me chames Padrinho. Chama-me Senhor Juiz, tajóbir?!

- Sim, Senhor Juiz. Assim, Padrinho?

- Credo, valham-te as estupendas glândulas mamárias, rapariga. Anda lá com isso que eu estou a ficar atrasado.

- Então, hoje temos aqui o caso do senhor Afonso Henriques - esta estátua aqui à direita - que interpôs uma ação contra a multinacional "Tripas & Francesas", por causa de coiso. Se o senhor Afonso ganhar, a enorme empresa entra praticamente em insolvência. Se perder o Henriques, mantemos o Plano Especial de Revitalização da "Tripas & Francesas" ativo. É isto, Senhor Juiz Padrinho.

- Boa, não parece ser complicado. Quem é que representa os contendentes?

- O representante do senhor Henriques, é o Dr. Sé; e a "Tripas & Francesas" é representada por este senhor baixinho e bastante simpático. - Aponta a Vanessa. O Juiz certifica-se que a Administração do canal está distraída a servir finos e caracóis e acrescenta:

- E se adiássemos isto para outro dia? É que tenho hora marcada na manicure... 

- Nesse caso, Vossa Excelência Padrinho, já o Dr. Sé pode estar a representar a "Tripas & Companhia".

- Zé!! Zé! Irra, que é irritante isso de seres sopinha de massa. Nunca tinha reparado. Mas afinal, em que ficamos?

- Não, Senhor Padrinho Excelentíssimo, o doutor chama-se mesmo Sé. Não tenho a culpa. - Enxuga uma lágrima que lhe escorre pela camada de betume que as gajas usam no focinho. - E a questão é que o Dr. Sé está a ponto de integrar o Departamento Jurídico da "Tripas & Francesas". Diz que é uma questão de dias.

- E entretanto aparece-me aqui em representação de uma causa que pode tornar insolvente a companhia para onde, supostamente, se vai mudar?

- Sim, Meritíssimo Padrinho, é maijómenos isso.

- Nanananana, isso não pode ser. Que grande molho de bróculos. Vai demorar imenso a desembrulhar esta incompatibilidade.

- Ui, pois vai, Sua Reverência. 

- Hã?

- Padrinho.

- Ah. Sim, sim, é incompatível, não pode ser. Não pode ser. - Repete e abana a cabeça. - Se vai para a coisa das tripas, não pode defender o Afonso hoje. Não faz sentido nenhum.

- Os envolvidos alegam a sua honorabilidade e sentido elevado de ética. Consideram que Sua Santidade, o Padrinho, está a colocar em causa o seu profissionalismo, nomeadamente do Dr. Sé.

- Eu? Eu não. Só não tem ponta por onde se pegue. Ele que saia de defender o Henriques e depois vá para a tal coisa das Francesas. Bem boas que são. E no entretanto, julgamos este caso. Sem o Zé ao barulho.

- Sé.

- Quais Sé? Acho que aquilo é um castelo.

- Hã? 

- Oh Silva, quero lá saber do cachet! Eu tenho que me ir embora e isto está cada vez mais parecido com os Malucos do Riso. Fui! - Enfia uma martelada na mesa e desanda pela esquerda baixa, a abanar a cabeça.

Entra uma trupe de anãs asiáticas, que carregam uma piscina insuflável cheia de chantilly. Vai dar merda.


...

- Oh, até pode xer que xeja de mau goxto, Xilva. Mach diga lá que não ficam expetacularej com aquelach tanguinhaj. Ach piquinotitaj. Fofach! - Morde a língua. E lembra-se da Licas a passear pelos corredores da produção. E morde a língua outra vez.


...

Não faço ideia se será. Provavelmente, ninguém faz. Mas se for... Percebemos todos que não pode ser assim, certo?

6 comentários:

  1. Juuuuuumping tha guuuuuunnn, indeed you aaaaaaare!

    Abraçom

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Yep, true! Mas estava-me a provocar urticária, que queres? :)
      Abração.
      PS. Paaaaa, comentários cantados é todo um outro nivel :)

      Eliminar
  2. Se condeno nos outros, ainda menos tolero nos meus. Se vier, obviamente não deve estar no banco nem sequer preparar a equipa. E já deveria ter sido anunciado, para que não houvesse dúvidas. Se vier ou estiver para vir, é quase o mesmo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, acho o mesmo. Mas é, ainda, um mero "if".

      Eliminar
  3. Olha que lá para baixo, para a zona de Carnide, não há juiz que decida estes casos. Pode perfeitamente perguntar ao Jardel (o central, não o nosso ponta-de-lança) ou ao irmão do Maniche (não me lembra o nome do vendido!), aquele que falhou um penalti pelo Boavista contra a equipa que no dia seguinte viria a assinar...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Jorge Ribeiro, o irmão do Maniche. E é tudo verdade. Mas remeto para o comentário acima, do Lápis.

      Eliminar