sexta-feira, 2 de março de 2018

Vinte mil léguas submarinas

...oh happy days...

Sempre gostei de me ver como um animal com tendência aquática. Pelas horas no duche, por exemplo, ou pelo facto de estar inscrito num Centro de Desenvolvimento Muscular - ginásios é para maricas - no qual me dedico de corpo e alma à modalidade de boiar na piscina. Até já tive um chefe que me disse: Oiça, à água que você mete, se lhe pintarem umas pistas na careca, mais parece o Slide & Splash. Bom tipo, o chefe. Pena o atropelamento e fuga que o deixou paralímpico do pescoço para baixo.

Não é pois de estranhar que me tenha parecido uma ideia muito catita agraciar os alunos da aula de Hidroginástica com a minha participação. Está claro que a minha intenção era ser mais um, ajudar a equipa, remar todos para o mesmo lado, o que importa é o grupo, sem os meus colegas nada disto seria possível e isso tudo, levantar a cabeça e pensar já no próximo jogo. De tal maneira que até evitei, propositadamente, vestir os meus espetaculares Speedo que, diga-se em abono da verdade, me ficam muito bem. O abono ajuda, por ser uma verdade tããããooo evidente. 

Isto era sobre o quê? Ah, exatamente! Fiz questão de comparecer com um singelo calçonete preto, basto discreto e largueirão. A minha mais que tudo que nem saiba que fui nestes preparos. Não gosta nada daqueles calções, a cachopa. Diz que fico a cheirar a chulé das virilhas. Mas eu pensei: Oh Silvas, quem é que nos vai agora cheirar as virilhas na Hidroginástica? E procedi a ligar-lhes, para perguntar se andavam no sítio tal e, em andando, se iam à Hidroginástica. Ninguém ia, um descanso. 

( Pausa para contrição: 
Era uma piada demasiado suculenta, ‘mor. Sabes que as minhas virilhas são só tuas. Mais ninguém mas snifa que eu não deixo. Siiiim, todo polvilhadinho de pó-de-talco. Não zanga, não? Não faz piada parva com Nelson Évora, não? Pueeaaaaseee? Estou tão fodido, credo.)

...

Afinal, o que vem a ser isto da Hidroginástica? É fácil de perceber, e o nome ajuda um bocado, que se trata de um grupo de fulanos e fulanas aos pinchos dentro de água. Tipo a minúscula piscina de um  aldeamento manhoso em Quarteira, com mais putos ranhosos do que cloro por metro cúbico. Só que são os bisavós dos miúdos. Um gajo pensa: Fuoda-se, só espero que esta merda tenha um sistema de aspiração central de cadáveres no fundo, ao número de velhinhos que vai quinar, fica isto mais pejado de corpos a boiar do que uma ETAR no The Walking Dead. Mesmo o cheiro há de ser parecido. Fixe para a questão das virilhas.

Já sei que estão todos indignados, a achar que sou uma besta que não respeita ninguém e que me ponho a fazer troça de toda a gente, como se eu próprio não caminhasse para velhote. É mesmo essa a questão: eu vi-os a caminhar. Dos balneários para a piscina. Todo um festival de artroses e joanetes, de costas doridas e semicorcundas, de peles caídas e dentes em falta, de ais, uis e entãos está melhorzinha. Pá, desculpem qualquer coisa, mas parecia mais que tinham vindo de jogar com o Canelas do que iam para a Hidroginástica. 

À frente deles todos, a instrutora. Uma moça fresca e viçosa, com ar de quem não se ia meter na água com aquela trupe, nem que lhe pagassem o turno a dobrar. Alto! Há que tomar, discreta e modestamente, um lugar à frente dos velhadas. O melhor aluno fica sempre na carteira da frente, já se sabe. Qual Nelson Évora da natação sincronizada. Incha!

Caso nunca se tenham apercebido, escutai com atenção o Tio Silva: os velhinhos enganam. São uma raça de gente dissimulada, levada da breca, ora agora parece que sim e, vai-se a ver, nada disso. Trôpegos até a la borde de la piscine, perros a agarrarem-se às escadas, a ranger de tudo quanto é articulação a descerem os degraus e de repente, não mais do que de repente Senhor, plumas!

Quase que oiço as trombetas do Céu, voam em círculos perfeitos pequenas fadas, são tão foooofaas! É isto o nosso elemento primordial, não haja dúvida. Aquele em que os decrépitos de ainda agora se tornam nos ágeis anfíbios do momento. Autênticos Aquamen, todos enrugados das trombas.

Ainda assim, o cenário parece muito favorável. Uma piscina cheia de anciãos, com um alto e espadaúdo mancebo - um vosso criado - à frente da turma. Raisparta se não vou ser o maior deste tanque. Andar aos pulinhos dentro de água é-me praticamente inato. A mãezinha teve muitas vezes que se amarrar a coisas pesadas, para não andar aos pinchos como uma bola de basquete, quando estava grávida de mim. Da Esperança do Mundo, portanto. Até acho que foi aí que inventaram a expressão e tudo.

Ora começa a dança, pulinhos, mexe os bracinhos sem levantar água, pulinhos, levanta a perna esquerda para a frente, pulinhos, agora a direita, pulinhos. Well, não se pode dizer que seja muito entusiasmante, lá isso não. Não fosse estar a pensar que uns 80% da turma já devia estar à beira do afogamento ou da síncope, acho que já tinha adormecido.

Agora alça da perna esquerda para trás e toca com a mão direita na ponta do pé. Hã? Esta merda agora é acro-ioga em fato de banho? Disse como? A perna...espera... Estou dentro de água, foda-se!, eu sei lá qual é a perna esquerda. Aguenta, aguenta, acho que lhe apanhei o jeito. Troca o quê? Qual ao contrário? Devagar, caralho, que já vou no segundo pirolito à conta das pernas trocadas. Como assim passa a esferovite por trás das costas e faz bicicleta com as pernas? Isso é sequer possível? Meti-me com os tarados do Kama Sutra underwater para a terceira idade, kéjbêr? Opá, já sei que é de papo para o ar, esta merda virou-se sozinha, que queres que lhe faça? Uma moça tão nova e já a gritar tanto, chiça. Estou a tentar, estou a tentar, vão-se rir da puta da vossa prima, velhos dum cabrão. Oh senhora, mas como é que eu posso levar os joelhos ao peito, dependurado num chouriço de esponja? Cá está, o melhor que se consegue: uma barata a dançar breakdance enquanto sofre um ataque epiléptico.

Viro-me para olhar para os colegas. Todos em movimento, maldita gravidade alterada. Como é que ainda estais vivos é que me espanta. E com um ar vermelhusco, cansados mas sadios. Só espero que não se tenham mijado todos pelas pernas abaixo, credo. Havia de ser obrigatório o uso de fraldas, daquelas de os bebés levarem para a água. Em tamanho xxl, já se vê, que Speedos apertados não ficam bem a toda gente. A partir de uma certa idade, os indivíduos e as indivíduas deslargam-se com alguma facilidade. Digo eu, mas sou uma pessoa muito nervosa.

Acabou! Ufa, finalmente. Eles vão saindo, as dificuldades de locomoção a fazerem-se pagar mal põem um pé em seco. Eles e os seus sorrisos trocistas, filhasdaputa. Ri-te, ri-te, quando deixares de aparecer porque faleceste, eu também me vou rir. E aproxima-se a porca Nazi que tem a mania que manda nisto tudo:

- Oiça, à quantidade de água que você bebeu, se engolisse um escorrega... - Interrompo:

- ...era o Slide & Splash, já sei. Faça cuidado a atravessar a rua, hein?! Vivemos dias complicados, cara senhora.

E fui embora, disposto a gastar tanta água quanto possível na minha merecida e retemperadora banhoca. Acho que aquilo do TRX é mais o meu género. Não sei, é malta mais nova e uma vez estava a tocar o Run to the hills e assim. Um dia destes experimento.




30 comentários:

  1. Sempre fui conhecido pelos meus pares como sendo uma pessoa boa de escrita, com um humor negro activo mas um sentido de justica socio-politico ainda mais agucado que a vontade de fazer rir. Com as desventuras da vida e o tempo que nos ensina coisas que teimamos em nao querer aprender a bem, tornei-me uma pessoa que gosta muitissimo mais que a facam rir do que ser eu o motor dessa criacao. Ainda assim, tenho riso facil mas muito selectivo: George Carlin, Dave Chappelle, Bill Burr, Sarah Silverman e mais ninguem que os outros que por ai orbitam sao joio. Necessario para elevar o trigo a sua condicao de germen especial, mas joio contudo. Hoje adicionei mais um nome - O Silva da Tasca e do Cavani. Porque quando te ris descontroladamente sem esforco e a tua mente deseja imaginar todas aquelas accoes que te sao descritas... deus meu, entregas-te num arrebatamento que so fica bem aceitar. E de homem aceitar. E e de homem anunciar.

    Daquilo que fui escrevendo ao longo da minha vida e que me valeu uns premios aqui e uns louvores ali, ficaram algumas coisas como tres romances de ficcao, uma fanzine sobre direitos dos animais/proteccao do ambiente/straight edge stuff, dois volumes de musicas pre- pos- e whilst-grunge, e volumes de coisas comicas que entretem amigos muito especiais.

    Nao sou individuo para facilitar uma gargalhada a desconhecidos, mas rio-me com sinceridade se aqueles a quem se me dirigem forem sinceros por natureza.

    Ha muito que nao me ria com tanta vontade.

    E ate pude criar um paralelo com escritas minhas exactamente sobre o mesmo tema e passados eventos similares numa piscina comunitaria de Nottingham no centro onde trabalha a minha mulher. A mesma premissa: idosas ou para la caminhantes, todas femeas, todas gordas, a minha mulher que pela sua positiva diferenca ja se destacava e eu (o unico gajo aos pulinhos a tentar perceber se na brinca podia enfiar o chourico de styrofoam na cabeca dum dos colegas so para ver se o marasmo era colectivo e eu, por osmose etaria, ja havia falecido).

    Escrevi muito nesta vida, mas hoje soube-me muito bem ter lido alguem que escreve muito e muitissimo bem.

    Um dia vamos todos morrer mas eu quero morrer a rir-me! Hoje estive la perto!!!

    Obrigado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fuck, nem sei o que dizer... Aliás, sei! Dás-me um autógrafo? E os nomes dos romances? Anda lá, a gente não conta a ninguém! Obrigado eu pela preferência, nunca pensei que havia gente que escreve a sério que pudesse gostar. Agora até podemos ganhar mais logo só por trêzazero que eu já ganhei o dia na mesma. Abraço.

      Eliminar
    2. Esquece os romances, foram a concurso e por la ficaram... nunca os publiquei. Mas so para ti (e os outros que fechem os olhos - diz ele em total modestia na forma tentada), um chama-se Mosquitos Cinzentos (sobre depressao), outro chama-se Nayf (sobre uma near death experience), ect etc... Nao interessam agora, ja passou. De momento estou a tentar publicar independentemente um livro sobre toxicologia de infeccoes nosocomiais, mas ainda vai dar muiiiiiiiiito trabalho escreve-lo!

      Quanto ao jogo, 2-0, mas eu vou ver o The Shape of Water a mesma hora, por isso, nao vejo o jogo. Mas tambem acabo sempre a ve-lo num quadradinho minusculo do site bet365. Quando ponho peer2peer os trojans comem-me vivo o portatil!!!!!!

      Eliminar
    3. Porra, toxicologia de infeções nosocomiais parece uma coisa assim tipo rocket science, credo. Para além de que deve ser assustador a pessoa receber a noticia: pois, pois é, caro senhor, conforme eu suspeitava, isto trata-se de uma infeção nosocomial, é o que é. ;) E mandares os pdf dos não-publicados, hein? Issékera! Quanto aos trojan, os Jorges Cavanis é que são gajos para te ajudar com isso. Mesmo. É malta dos computadores, eles. Pronto, gente de pouco sexo...:)

      Eliminar
  2. Respostas
    1. aaaarrghhh estás só a fazer-me sofrer...

      Eliminar
  3. Arena, speedo, afinal o sr. Silva é rapaz quase do meu tempo...:)))
    mas... chulé das virilhas?!? dasssssss Sr. Silva.
    Foi para a piscina de calçonete preto ou de ceroulas? :))))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pá, não sou eu que digo, que eu não consigo cheirar as minhas virilhas! Mas não me importava, acho que os cães têm um ar basto feliz :)))

      Eliminar
  4. Tou a topá-lo!!!
    Os cães com aquelas línguas que parecem guardanapos! :)
    Compreende-se que ao sair dum Cavani tenha que descontrair, mas orgias de maduros e cães?!? Atenção à roda da frente, sr. Silva. :)))

    ResponderEliminar
  5. Longe vão os tempos do Speedo... agora é tudo de calções até aos tornozelos, mas curiosamente com o rego da hortaliça á mostra!
    E os Speedo sempre nos salvavam a vida, carago!!! Após um mergulho se os Speedo viessem primeiro á tona era sinal que o respectivo dono vinha logo atrás!!!!
    Hoje com o peso das culottes fica tudo lá em baixo...

    ResponderEliminar
  6. Mas que porra de conversa é esta? Estou aqui há mais de meia hora à espera da bjeca e só oiço é conversas estranhas de virilhas , mau cheiro e ceroulas. O que vale é que me tenho rido a valer.
    1 abç
    Luís Oliveira
    PS: também acho que o Pudget é bom de pena. Se for o possível, também gostaria de passear as pestanas pelo(s) pdf. Sempre apreciei alternativos, desde a música aos investimentos passando pela literatura e pelo belo sexo, coisas que os menos atentos tendem a achar coisas estranhas...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh homem, sirva-se, carago! Você é da casa.

      Eliminar
  7. É verdade Felisberto, O estado lampianico actualmente até nos calções faz propaganda ao Deus Sol, É ver aquelas barriguitas avantajadas a sair da água com as orelhas proeminentes e os que tem o elastico marado também fazem questão de exibir o bigode,
    Luis exija o livro de reclamaçoes. Os consumidores de Super Bock não podem ter o mesmo atendimento dos que pedem Imperiais, Era o que faltava. ))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Finos, imperiais, cimbalinos e bicas, servimos todos os Portistas por igual. Onde quer que estejam. :)

      Eliminar
  8. Finalmente alguém que me compreende. Passados 20 anos posso deixar de me sentir frustrado. Aula de natação. Duas aulas semanais. Oito da manhã. Eu na força dos vinte anos. Eles cheios de artrose. Eu cheio de andamento. Ilusão. Eu aflito para fazer uma só piscina. Eles já iam em trezentas e trinta mil.
    Finalmente não me sinto só.
    Abraço P.Torres
    PS. Nunca reparei se usavam fraldas...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É o que eu digo, são muito dissimulados, os sacanas.
      Abraço.

      Eliminar
  9. Totobola Extra concurso 09/2018
    Liverpool 0 - F. C. Porto - 3 (intervalo)
    Liverpool 1 - F. C. Porto - 6 (Final do jogo)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ao intervalo falhou. Vamos ver o resultado final, mas não estou a ver que nos marquem um golo...

      Eliminar
    2. Pois, já se esqueceu!
      Só depois dos 5-0 é que poderia entrar o Oliver.
      Quantas vezes é preciso repetir que com ele em campo (e com o AA looooool) não marcamos 1 golo nem ao Gervide?
      Bom rapaz este Sérgio Conceição. Que a euforia lhe passe muito depressa, pois ainda não ganhamos nada.

      Eliminar
    3. Sérgio Conceição foi à caça do Cecil (Rip) sem armas e com gatinhos.:))

      Eliminar
    4. Ai ganhámos, ganhámos! Fomos Campeões. Duas vezes já! ;)

      Eliminar
    5. O meu, o teu, o nosso...sim
      O Sérgio, népia.

      Eliminar
    6. Eu estava a falar deste campeonato. Já o ganhámos duas vezes.

      Eliminar
    7. Temos de ganhar inequivocamente e com as regras deles. Somos melhores, a força é avassaladora, a fazer lembrar outros tempos, mas cautela, que ninguém vacile, pois o movimento das víboras que se tem observado, em tudo indica que ou estão em agonia ou estão convictos que continuam os donos desta merda toda.

      Tão oportuno um informático possuir as passwords das Exmªs meretrizes do Apito Dourado. E ninguém questiona!
      Este país é uma anedota.:))
      O Sanches, onde quer que esteja, ainda será avençado?:)))))

      Eliminar
    8. Vamos ser tricampeões num ano só! O Sanches estará a testar a Chama Imensa?

      Eliminar
  10. Leitura perfeita antes da partida para Anfield. Rio-me tudo agora, posso perder a vontade à saída.

    De volta à velha forma, old fart. Thank you.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pá, cinco já não levamos! Ainda vamos ganhar. Anotado o “de volta”. Tough crowd.

      Eliminar
  11. - Alguém me sabe informar se aqui é a Tasca do Silva? Ando aqui às voltas e não encontro onde está o letreiro a dizer que a culpa é do Pinto da Costa e só encontro, a culpa é do Cavani...

    Vou-me embora, se encontrarem o tasqueiro dêem-lhe um abraço por mim.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Está entregue! :) Não se demore a voltar!

      Eliminar