quinta-feira, 26 de outubro de 2017

A peneira e o Sol

Eustáquio “Marciano” Silva é o tipo mais distraído do Universo. Não se trata de um exagero, nem de uma figura de estilo, é mesmo assim e qualquer ciência - das exatas às mais obscuramente subjetivas - o poderá comprovar. De tal maneira que, uns minutos depois de o conhecerem, o grau de distração deste rapaz é a sua característica mais marcante. A que o define. Apesar de ser verde e ter antenas no alto da cabeça.

É muito comum, estando o bom do Eustáquio abancado ao balcão, clientes pouco frequentadores da Tasca perguntarem-me: Ele está disfarçado, poijé? E eu não sei sequer do que estão a falar. Quem? Aquêlali, o dajantenas, carago. Ah, o distraído. 

Portanto, não me admirei nada que a estas desoras da madrugada, o verde da pele ainda desmaiado do sono e as antenas em desalinho, me perguntasse entre dois minúsculos golos no seu café:

- Oh Silva, isto está a ferro e fogo, hein? 

Os incêndios, a moção, o Presidente, o juiz mais a sua moca, a Catalunha.

- Hã? Que se passa nisso? Há outras chatices? Não pá, estou a falar da bola. Não há jogo em que não haja porrada velha na bancada, carga policial, árbitros agredidos, pernas partidas, sei lá, trinta por uma linha. Poijé? Até tem o Parlamento que intervir.

...

Vejamos, não. Por ser “não” a resposta, é que não me juntarei ao coro indignado que procura explicar ao Presidente da FPF as questões relacionadas com claques e ilegalidades e legalidades e o caralho que o foda. Seria fazer o jogo dele. Deles. Só se eu fosse verde e tivesse antenas. Eustáquio não sou, de modo que, daqui donde estou, vejo tudo.

A maior ameaça ao árbitro, não chega por sms, chega por e-mail. A greve não é pelo estado das coisas, é para tentar arranjar um ruído que desvie a atenção. Para que se mantenha o estado das coisas. 

A audiência não é para debitar uma série de banalidades, com as quais todos têm que concordar. Ora a Paz no Mundo, a abundância em África, as criancinhas nutridas e protegidas, a proibição de se utilizar o termo fúcsia. Tudo coisas que fazem um Mundo melhor. De acordo. E quem não estará? É como com o bom comportamento nos estádios, a ética no futebol, a transparência na arbitragem e a proliferação dos homens de boa vontade. E de soberbas mamas, acrescento eu pelo meu punho. Que gosta basto de mamas. O punho. Hã?

Para grande tristeza geral, tudo isto não é mais do que um pedaço de verga, com uma pega e múltiplos buracos. Uma peneira, pois claro.

A verdade, como está bom de ver, é que o que se passa é o início da revelação de um poder tentacular - estava aflitinho para usar esta expressão bem catita - que pôs nos cargos os respectivos detentores, que os controla por e-mail, sms ou um simples olhar, como se faz com os putos. Já para o teu quarto Nandinho! Achas bonito, achas? Vai lá pensar em como vais resolver esta pessegada. Ou preferes que conte à mãe o que andas a dizer aos teus colegas de balneário, por sms?

O que aguardamos, são os resultados de investigações policiais, de buscas domiciliárias, de diligências que esperamos tenham sido feitas. Queremos, nós os que se preocupam com a bola, que tudo fique claro e transparente. Naturalmente sabemos, porque Eustáquio não somos, que isso custará muito do brilho, mormente internacional, que os Facadinhas desta vida ganharam. Well, karma is a bitch.

O meu caro Cavani Vassalo refere uma demonstração de poder. É isso mesmo! Não se esgota na visita presidencial à casa da Democracia,
                                                                 ( pausa para me mijar a rir )
                                                                                                             inclui a suposta greve de trazer por casa, o tradicional faz de conta mediático, mas também o colinho que mantenha o Nacional 5LBismo mais ou menos tranquilo. Isto é, o Polvo no seu melhor.

Só por profunda distração nos íamos agora dedicar a enfiar a carapuça que o Nandinho Facadas nos quis endereçar. Era o que mais faltava, estarmos a gastar energias em eunãofuis, quando devemos estar concentrados em todos os fostetu que ainda faltam. Este é o Sol. Deal with it bitches.

Há aqui um travo de desespero, isso é certo. Parece que reuniram todas as forças cefalópodes para uma grande - e derradeira? - contra-ofensiva. A ideia é mudar o foco, desviar a atenção, dispersar as tropas atacantes e procurar escapar vivo. Pelo meu lado, falhou. Estou a cagar-me do alto do Burj Khalifa para o que o shôr Presidente da FPF foi dizer para o Parlamento.

Tudo o que não seja investigar o poder corrupto que foi exposto, não merece um minuto do meu tempo. Mas merece um segundo. E em um singelo segundo, consigo dar um contributo maior para que tudo corra melhor, do que o Fernando das Facas em toda a sua dramática, mas vazia, apresentação aos dignatários da República. Que é malta que não tem lá muito que fazer, já se sabe. 

Olha, comecem por legalizar os que têm que ser legalizados. Ou extintos. Empenhem-se nisso e depois falamos. Pois, sim, eu sei que é complicado. Uma chatice mexer com o estado das coisas, não é? É muito melhor tapar o Sol com uma peneira.

...

Faz-me confusão a volatilidade do interesse mediático e público. Infelizmente, são sempre coincidentes. Pensar é como mudar o estado das coisas: parece que aleija um bocadinho.

Como acho que em maijum ou dois dias já ninguém quer saber do juiz e da moca, anuncio desde já que a TascaTV está a preparar uma Grande Entrevista com o próprio. O shôr juiz. 

Pois claro que aceita, quem é que não quer aparecer no mais importante canal de TV, de entre todos os que (não) se emitem a partir de uma tasca? Que é um blogue. Hã?

...

Soundtrack to Mr. Gomes: True friends stab you in the front!
                                                

21 comentários:

  1. Respostas
    1. Wow! Tiveste que ler a bola toda para chegares aí. Aposto que foi uma diagonal do Eustáquio ao shôr juiz! 😂

      Eliminar
  2. Meu caríssimo amigo, acho que mereces(mais uma) ovação de pé(?) . Porque raio é que "standing ovation" me soa muito melhor? Eh eh !!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mesmo que não mereça, venha de lá a standing ovation, que eu gosto. Obrigado...papá 😁

      Eliminar
  3. O amigo Silva fingiu que não falava do facadinhas mas falou. Disse tudo e bem. Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Distraí-me :)) Obrigado José. É sempre bom vê-lo por cá.
      Abraço.

      Eliminar
  4. Umas chapadinhas no Facadinhas não, que é crime e abre tele-jornais. Mas uma coisita sem importância como por exemplo um grandíssimo par de cornos a ele e a todos os membros da familia era cool.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Huumm, pela cara, achonque já foi. Ou então é gases, uma delas :))

      Eliminar
  5. O personagem Facadinhas
    Num passa dum facadonas
    Tal como certas meninas
    Chora comum konas...

    Bendeusse ao debarato
    A um tal de Bieira
    Porque no seu subestrato
    Achou kera a melhor maneira

    O poder das Europas
    É o seu belo fim
    Mesmo que as suas tropas
    Não sejam tão boas assim

    Bá lá ó Gomes, sem chatices
    Ainda bais a tempo dimendar
    Deixa-te de paneleirices
    E bê se Luz fica a piscar...

    E o Dragão d'Ouro foi para...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Standing ovation para o Felisberto 👏
      E havia quem o quisesse a presidente do FCP. Credo!

      Eliminar
    2. kkkkk não lembre isso ao Lápis.

      Eliminar
    3. Como o português é uma lingua traiçoeira (estilo... Fernando Gomes) subentende-se que havia pessoal que me queria a presidente do Fêquêpê!!! Vou pensar nisso e depois digo qualquer coisinha :)))

      Eliminar
    4. LOL! Felisberto a Presidente, já!!

      Eliminar
    5. Caro Felisberto, grande poeta é o povo. Não rima mas comunica.
      Chapelada para a sua excelente métrico-poética.
      1 abç

      Eliminar
  6. E este ano, coincidencia ou nao, sempre que o caso dos emails esta a aquecer, aparece o drama dos fogos a monopolizar a comunicacao social. Coincidencias do carailhe.

    ResponderEliminar
  7. Vamos ter dia 30 uma assembleia geral do clube, muito sinceramente penso que alguém, por mim seria alguém da claque pelo efeito mediático, deveria propor em assembleia aos sócios uma serie de medidas q endurecessem o combate q estamos a travar contra o polvo benfiquista, pelos nossos estatutos o clube FCP controla nossa SAD na medida q é o clube q nomeia a maioria dos administradores da SAD, qualquer proposta votada e aprovada na assembleia do FCP clube e uma ordem directa a sua direcção e a da SAD
    Eu como medidas propunha a divulgação nos monitores do estádio em looping das imagens com os roubos de q fomos alvo na época passada por parte da arbitragem bem como ainda em todos os formatos na social media do clube webpage, faceboock etc. em simultâneo e no mesmo registo propunha a exibição pelo menos da parte da prova já em posse da PJ e q édo conhecimento geral
    Propunha ainda q aproveitássemos as conferencias de imprensa da champions para fazer a divulgação do caso a começar já com o desta 4ª feira
    O intuito de fazer isto esta na pretensão de levar estes casos de corrupção ao âmbito da investigação internacional, uma vez que não acredito na justiça portuguesa e estou saturado de ver q todos os q estão associados ao crime (slb árbitros, políticos, jornalistas e juristas) continuam a fazer figura de inimputáveis. ate agora a denuncia foi cirúrgica mas já se esgotou a fase do bisturi é chegada a hora de usar a marreta, ninguém se iluda q neste triste Pais esta em marcha um mega processo de branqueamento do crime, não podemos consentir q assim aconteça.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá António. Creio que há um problema no seu raciocínio: nenhuma instância internacional estará disposta a intervir antes, ou contrariando, a jurisdição nacional. Por isso, temos mesmo que fazer o milagre de ver o caso honestamente julgado cá pela terrinha. Nem que seja à marretada!

      Eliminar
    2. Cumprimentos Silva, Não tenho duvidas, a questão é que pela "jurisprudência" sabemos que a maquina da justiça nacional esta mais vocacionada para branquear os crimes desta corja do que em aplicar justiça, assim temos que lhes dar umas "ajudas" na minha opinião tornando o escândalo global ficamos mais perto de ver a justiça ser feita já que ficam sob os holofotes da comunidade internacional, com a garantia desde já da nossa parte para esta rede de crime organizado que envolve slb, magistrados, políticos e comunicação social que se não respondem por cá a justiça responderam lá fora.

      Eliminar
    3. Você tem razão, mas lá está, só vamos poder recorrer depois da gentinha de cá se despachar. E eles sabem disso... De resto, de acordo, vamos fazer todo o banzé que pudermos!

      Eliminar