quinta-feira, 1 de junho de 2017

A Tasca sob escuta


É uma porra que até na panela das bifanas se mete...

Fomos grampeados! É uma vergonha. Lavro o meu muito veemente protesto, enquanto me deixam lavrar o que quer que seja. Viva a Reforma Agrária, a mim ninguém me cala, a luta continua e isso tudo, avante camarada.

É o regresso do Fascismo, da PIDE, da Outra Senhora. Espero que venha melhor das mamas, ao menos. Vão tentar silenciar a Tasca a todo o custo, tenho a certeza. E nem era preciso, uma avençazinha bem negociada e tudo se fazia muito mais discretamente.

Sei que - saberei? - conto convosco, distinto e acabadíssimo bando de bêbados, para defender a honra da espelunca e a liberdade e continuar a luta nas ruas, se preciso for. Também já percebi que o nosso Clube está atento a este revivalismo fascizóide, apesar da ajudinha que deu no enterro da Liga Salazar.

No entanto, sem ilusões, é convosco que conto. Porque isso de andar a desenterrar mortos até pode entreter, mas não põe comida na mesa. A menos que durante a profanação do cadáver se lhe afane os oiros com que o enterraram. Sempre se contribuía qualquer coisinha para o fairplay.

Enfim, enquanto andamos distraídos com estas coisas, lá vão voando umas competições. Agora foi o andebol. A mim kemimporta o andebol, verdade seja dita, mas à mingua de um croquete da Petúlia, qualquer papo-seco meio ressequido já marchava. Mesmo que seja num desporto que se pratica sempre em falta. Porque com as mãos. Ladroagem.

Ainda pior, os maus, matulões e mal-parecidos adversários, infestam esta casa do Portismo, este estabelecimento do bem comer e melhor beber azulibranco, este cantinho onde se juntam gerações de adoradores do Brasão Abençoado - má sorte termos parado antes de chegarmos a baluarte - dizia, infestam a Tasca de microfones. Daqueles muita'caninos, do Chinês, acho eu, que funcionam com uma pilha de relógio.

Depois ficam os monstrengos lá nas caves húmidas e escuras onde habitam, muito quietinhos e caladinhos, com as suas faces macilentas e dentes bolorentos, a ouvirem tudo o que por aqui se diz. Um horror, credo.

E assim, enquanto se desempoeiram os calhamaços da História, como quem solta balõezinhos de ar quente iluminados, para que a maralha toda olhe para cima e se despreocupe com o que se passa debaixo do nariz, os vilões tratam da vidinha.

A Tasca está sob escuta. Não há outra explicação para isto e isto e sobretudo - bolas! - ISTO! Conforme determinada conversa tida nesta casa de pasto. Sim, porque ruminamos, pelos vistos.

...

Wired soundtrack: Shhhhhh...

16 comentários:

  1. Prá próxima caladinho que nem um rato.

    ResponderEliminar
  2. Acautele rapidamente: Fede, Dalot, Galeno, Kayembe, não vá o diabo tecê-las.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tarde demais! Estão todos no post sobre a B. Mas caramba, ao berçário não os deixaremos chegar! Nem que vá para lá eu guardar aquilo.

      Eliminar
  3. Bufo!

    Por outro lado, abriu-se uma oportunidade dourada. Ora repara:

    Olá, não foste tu que andaste o ano todo a dizer que o Depoitre tem tudo para ser o novo Van Basten?

    E que o Herrera te faz lembrar o Pogba mas em branco?

    Temo...

    SERÁ QUE ELES OUVIRAM??

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É capaz. Aquilo não é malta famosa por ser esperta.
      (Move-se para a panela das bifanas)
      Mas digo-te, não sera o Van Basten, mas que há ali muito de Zlatan, isso é inegável. Já para não falar no Griezman em mais encorpado que temos a rodar no Brasil. O do ukelele... :)

      Eliminar
  4. O regresso da outra senhora, mas em tiques pós-modernos!
    Fio dental a mostrar um cagueiro cheio de celulite, um decote a mostrar umas mamas enormes que nem a Dolly Parton, e umas beiças siliconadas carregadinhas de rouge!

    O microfone claro está foi posto nas mamas da dita senhora. Coisa óbiva já que o dono do tasco parece ter uma obsessão pelos dois ditos depósitos leiteiros.
    Mas já que a coisa está sob escuta, não te esqueças de mencionar o Pinto da Costa! Já que não quer ir pró Catassol, pode ser que venha um rival e o leve...

    P.S. e não é que estou a escrever isto enquanto marcho umas bifanas com molho especial! Ah! Silva, Silva! Também me espionas? Ou espias? Sem espigas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Catassol, muito bom. Já lá vão uns anos valentes desde a última vez que tinha ouvido essa palavra. E sim, sei bem o que é e onde fica :-)

      Eliminar
    2. Nanana. O Presidente é nosso. Para o bem e para o mal.
      Cuidado com as bígamas! Ainda engoles um microfone...

      Eliminar
    3. Era: bifanas. Mas bígamas também pode ser. Desde que tenham estupendas mamas, naturalmente.

      Eliminar
    4. Em matéria de mamas o Presidente tem-se afiambrado a escolhas de primeira.
      A inveja é uma coisa muito feia.:)))
      Mandá-lo para o Lar do Comércio, só se for por ter muito muro para grafitar! Será?

      Eliminar
    5. Caro anónimo.
      O presidente dantes contratava bons brasileiros e baratos!
      Depois mudou! Passou a contratar brasileiras e caras!
      E depois o Catassol é um hotel de luxo para idosos. É proibido lá grafitar, seja o que for!

      Eliminar
    6. A culpa é da Fernandinha! Bem visto Felisberto...

      Eliminar
    7. O Alex Sandro teve que ser despachdo porque a plebe dizia que era sonecas. O Presidente contratou Alex Telles que não é mau, acho eu. Antes contratava-se o Lino e os que agora reprovam tudo, adoravam. Dantes contratavamos o Pena e agora o Soares. Só vejo diferença na côr da pele. Dantes o Presidente contratava Luis Fabiano, Ibson e Diego. Népia o Presidente não percebe puto, bons são os craques contratados pelo treinador Adrian, Oliver, Bueno e Campagna.
      Está velho devia delegar. Delega, tá mal, não se pode dar muito poder, Marco Silva é que era. Esse é da capital, é moderno, utiliza as novas tecnologias e não está caquético.
      Não diga que o Lar do Comércio é um hotel de velhinhos, senão o Vieira de Carvalho dá voltas no tumulo.)))

      Eliminar
  5. Sempre me achei um tipo que gostava mais de mamas do que de cu. No entanto dou por mim a pensar que afinal acho melhor uma miuda com bom cu e sem mamas do que com grandes mamas e sem cu. Vicissitudes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo isso que defende o post. Hã? ;)

      Eliminar